Morar no céu

Morar no céu, todos queremos morar no céu, o que não queremos é saber sobre a transição desta vida que temos para a que segundo as Escrituras não tem fim, a chamada vida eterna. Alguém já disse em forma de piada que morar no céu todos querem, o que não querem é morrer!

Não há prepotência em querer morar no céu, mesmo porque as Escrituras dizem quem pode morar lá e quem não pode. O que determina quem vai morar no céu não é a cor da pele, posição social, ou mesmo grau de instrução, estas coisas infelizmente determinam quem pode obter alguns benefícios transitórios aqui nesta terra que se deteriora a cada momento, para morar no céu é levado por Deus em consideração a conduta, postura, comportamento do candidato. O salmista Davi faz esta pergunta no salmo de numero 15 e ele mesmo por inspiração divina responde nos versos 2 a 5 do mesmo salmo.

Os elementos contidos ali estando na vida de qualquer pessoa, certamente dará a ele a certeza de que irá morar eternamente no céu e desfrutar da presença de Deus. Prestemos atenção nas características ali descritas, é certo que elas só se nomeiam na vida de quem é temente a Deus, de quem está interessando na vontade de Deus e quem vive segundo esta vontade descrita em Sua Palavra.

Morar no céu não é para qualquer um como as pessoas acham que é, é necessário atender aos apelos da Palavra de Deus senão não será possível. Neste salmo de número 15 fica bem claro as qualidades dos que irão passar a eternidade ao lado de Deus, já em outros três textos fica claro não o nome, a raça, a posição social, mas a conduta, postura e comportamento dos que não poderão entrar no céu. Em 1ª Cor. 6:9-10, Ap. 21:8, Ap. 22:15, estão descritos os comportamentos que impedirão o homem por mais que ele pense ao contrário de entrar na eternidade com Deus, ele irá sim entrar na eternidade, porém passará esta eternidade longe da presença de Deus, em densas trevas, visto que estes comportamentos descritos ali já tem a sua origem nas próprias trevas.

Se queremos morar no céu, não nos preocupemos com a transição, tem de ser mesmo pela morte desta carne, pois carne e sangue não podem herdar o Reino de Deus como o apóstolo Paulo afirma aos coríntios em 1ª Cor. 15:50, mas nos preocupemos com nossa vida enquanto ela está em nós, enquanto nosso coração está batendo, lapidemos nosso comportamento e o amoldemos segundo a vontade de Deus, assim nossa alma estará em paz, e quando nosso corpo se desfizer, receberemos de Deus um outro incorruptível, não é preciso que pessoas digam que descansamos, quando partimos, como é comum vermos em sepultamentos, pois esta certeza já a temos em nossa mente e coração agora enquanto vivemos, se vivemos segundo o padrão descrito ali no salmo de número 15! “Salmo de Davi SENHOR, quem habitará no teu tabernáculo? Quem morará no teu santo monte? Aquele que anda em sinceridade, e pratica a justiça, e fala verazmente segundo o seu coração;”Sl. 15:1,2.

Pr. José Claudio Fonseca
igreja@icecantodomar.com.br

Quer outro idioma?