Maldição…

MALDIÇÃO – em Latim, male, “mal” e dicere, “dizer, falar” formaram maledicere, que inicialmente significava apenas “falar mal de alguém”. Foi com o cristianismo que surgiu o significado de execração, de afastamento do que é sagrado e correto. Por longo tempo, chamar alguém de “maldito” ou “amaldiçoado” era ofensa muito grande.

Jamais amaldiçoe alguém, por mais ruim que esta pessoa seja, por mais que ela tenha lhe chateado ou mesmo causado dano. É a lei, a lei que Jesus ensinou, ame o teu inimigo e clame a Deus por todos os que odeiam você, mas este clamor deve ser pautado pelo amor e não pela raiva, de outro modo Deus não ouve nem atende! Maldição é expediente do maligno, e fica bem na vida do incrédulo, não compete a um servo de Deus usar a sua boca para servir aos propósitos do inimigo. Na verdade nada na vida do servo de Deus deve ser usado pelo diabo, isto é passado, coisas do tempo em que ele vivia longe da Palavra de Deus.

O diabo é espírito e como tal ele procura sempre alguém que queira lhe emprestar a mente para que ele possa encher com suas artimanhas, um ouvido para que ele possa entulhar com suas mentiras e suspeitas, e uma boca para que ele possa disseminar o seu veneno mortal! Abençoe, foi para isto que Deus enviou Jesus, para que resgatasse o homem de sua vã maneira de viver, para que pudesse mediante o Seu Espírito Santo mudar o coração deste homem, mudar seus valores, mudar o foco de seu olhar.

As pessoas podem odiar você, podem enxovalhar teu nome verbalmente, podem fazer isto por todas as maneiras existentes, podem nunca mais querer olhar para você, falar com você é comportamento típico de pessoas amargas a serviço do inimigo, mas se você serve a Deus, se você já foi alcançado pelo amor de Deus, e pela Sua Palavra, olhe para estas pessoas com os olhos de Jesus, enxergue a miséria da amargura em seu interior, tenha piedade delas, compaixão, misericórdia, estes elementos fazem parte do chamado fruto do Espírito, e todo o que professa verdadeiramente o Nome do Senhor tem isto em seu coração e alma.

Veja que maravilha a presença de Deus faz dentro do homem, pois por mais que ele seja atacado, jamais em seu coração se nomeia a amargura, o ódio, a raiva, pois a cada ataque do inimigo ele transfere tudo ao Senhor e deixa que Este use de sua compaixão e misericórdia. Neemias agiu assim, alguns hoje dizem que são rodeados de pessoas falsas, não sabem o que dizem, Neemias tem propriedade para dizer isto, pois três pessoas que se colocavam ao lado dele fizeram de tudo para destruir o seu trabalho, para conquistar seus companheiros para seduzi-los a deixá-lo sozinho.

Quando eles viram que suas artimanhas satânicas sequer abalavam Neemias, pois este os tratava com o mesmo respeito e consideração, eles arquitetaram um plano para lhe tirar a vida. É sempre assim, pessoas vazias de Deus, corações amargos e escuros passam o dia arquitetando planos para difamar outros, para matar, para roubar para destruir. Salomão diz que estas pessoas não dormem se durante o dia não tiverem feito algum mal, foge-lhes o sono caso não consigam derramar seu veneno para prejudicar alguém em Pv. 4:16.

Não tenha medo deles, não responda nenhuma de suas ofensas, pois é isto que o diabo deseja por meio deles, desestruturar, desequilibrar, e implementar uma guerra sem fim de trocas de farpas, não faça isto, pois a um servo de Deus a ordem é que se alguém pecar contra ele 490 vezes em um dia, ele deve perdoar, e quem perdoa não devolve ofensa por ofensa não é mesmo? Pelo contrário os ame, pois é isto que eles precisam tendo um coração tão mal, tão cheio de peçonha mortal, uma alma vazia de graça e misericórdia. Aí está uma coisa que eles não podem impedir que você faça, amá-los, orar por eles, interceder por eles ao Senhor para que Ele os perdoe e os livre destes sentimentos malignos em seus corações! Não podem impedir porque estas coisas são feitas no campo do espírito, da alma, da oração e do silêncio na presença de Deus.

Faça como Neemias quando fores orar por alguém que esteja lhe causando algum dissabor, peça a Deus que se lembre destas pessoas, e deixe que Ele se lembre como quiser, se para cobrar alguma coisa, ou para abençoá-los, é da competência de Deus agir, e isto Ele fará como desejar, pois Ele é Deus! “Para isto o subornaram, para me atemorizar, e para que eu, assim, viesse a proceder e a pecar, para que tivessem motivo de me infamar e me vituperassem. Lembra-te, meu Deus, de Tobias e de Sambalate, no tocante a estas suas obras, e também da profetisa Noadia e dos mais profetas que procuraram atemorizar-me.” Ne. 6:13,14.

Pr. José Claudio Fonseca
igreja@icecantodomar.com.br

Quer outro idioma?