Jesus tem desaparecido de algumas mentes e corações

Ao que me parece a razão pela qual Jesus veio ao mundo tem desaparecido de algumas mentes e corações, em outras me parece que ela não satisfaz mais o desejo destas almas. Digo isto porque a pregação do evangelho hoje está recheada de artifícios que as Escrituras não apontam nem autorizam. Examinando as cartas de Paulo, e o livro dos Atos dos apóstolos não consegui encontrar as fantasias que se pregam e ensinam hoje.

As pessoas eram constrangidas pela Palavra que ouviam, esta Palavra fazia com que elas se rendessem ao Senhor pelo sentimento de miséria que conseguiam ver dentro de si mesmas, hoje esta mesma Palavra parece não ter mais o mesmo poder, ela precisa ser recheada de novidades que apontem para a alegria e o prazer neste mundo! John Macarthur aponta para este fato de uma forma mais sucinta no livro “ O Evangelho segundo Paulo – Ed. Thomas Nelson Brasil”, Neste livro quando fala sobre a obra de Cristo no cap. “A Grande Troca” ele diz algo que sempre pensei,: “ os evangélicos atuais falam do evangelho como se fosse um meio de descobrir o propósito da vida, a mensagem sobre como ter uma vida feliz e próspera ou o método para alcançar sucesso financeiro e nos negócios, para muitos o melhor ponto de partida para anunciar o evangelho é “ Deus te ama e tem um plano maravilhoso para a tua vida” ele afirma que os preletores transformam o evangelho em uma mensagem sobre “ você” a sua vida, o seu propósito, a sua prosperidade.

Você se torna o centro e o assunto da história. Sempre digo que algumas das igrejas atuais preparam seu povo para viver um vida eterna aqui, pois todo o investimento é direcionado para o momento para o sucesso, para os planos, para a felicidade plena nesta terra. Um querido irmão me disse certa feita que “ o homem não quer a vida eterna, mas eternizar a vida nesta terra”. É engraçado que alguns preletores combatem uma certa seita que prega a felicidade nesta terra, quando eles fazem o mesmo!

O assunto do evangelho não mudou, o homem o mudou, o foco da vinda de Cristo ao mundo não mudou, os homens mudaram este foco. Jesus veio salvar e resgatar o que se havia perdido, pagar a dívida que o homem tinha com Deus. Pois segundo Paulo afirma, o homem sem Deus está em uma situação de depravação total, destituído da presença de Deus plenamente imerso no pecado. Como alguém nesta situação pode preocupar-se com sucesso, felicidade,etc? Somente quem não entendeu o propósito da vinda do Senhor, somente quem não tem esperança futura, quem não acredita que Jesus vai voltar para buscar a sua herança. O padrão para a vida do homem sempre foi “ o necessário para viver” como Paulo afirma em 1 Tm. 6:8, mas o homem não quer o necessário, e apelando para a ganância e a ostentação no coração, adultera a Palavra fazendo ela dizer o que não diz e com isto arrebanha multidões com mentiras e promessas infundadas.

Jesus levou sobre si toda a miséria que pesava sobre o homem, o fedor horrível do pecado desceu sobre Jesus na cruz , o cordeiro foi sacrificado derramando seu sangue puro, não para que o homem fosse plenamente feliz nesta terra, mas para que o homem fosse reconciliado com Deus, quem deveria estar naquela cruz era o homem, digno de morte, mas Jesus o substituiu e agora todos os que entendem isto tem paz com Deus. Voltemos ao evangelho, deixemos as fábulas e fantasias, em breve Jesus vem para resgatar a sua herança. Agradeça a Deus pelo que Ele tem de concedido, entenda que o seu futuro não é aqui, e quando o Senhor te resgatar jamais você se lembrará desta terra e da futilidade que ela poderia lhe dar.

O que Deus tem preparado para os que o amam, e o servem é muito melhor! “De fato, grande fonte de lucro é a piedade com o contentamento. Porque nada temos trazido para o mundo, nem coisa alguma podemos levar dele. Tendo sustento e com que nos vestir, estejamos contentes. Ora, os que querem ficar ricos caem em tentação, e cilada, e em muitas concupiscências insensatas e perniciosas, as quais afogam os homens na ruína e perdição. “ 1ª Tm.6:6-9.

Pr. José Claudio Fonseca.

Quer outro idioma?