As palavras tem poder?

As palavras tem poder, você já deve ter ouvido isto, ou mesmo pode ser que eu e você já tenhamos dito isto a alguém não é mesmo? Alguns já produziram um vasto material para embasar esta afirmação, em sua maioria material com base no misticismo e não na verdade. As palavras tem sentido, isto é verdade, pois segundo as Escrituras devemos tomar cuidado com elas, pois elas podem nos condenar ou nos absolver diante de Deus. Jesus disse que iremos dar conta de tudo o que sai de nossa boca como palavra!

Acreditamos nas coisas que dizemos! Pode ser que sim, mas em alguns casos a pratica cotidiana diz que não! Uma coisa é certa, as palavras trazem consigo um sentido próprio, e devem ser analisadas com cuidado antes de serem ditas, antes de fazermos uso delas devemos procurar saber o que elas significam. Por exemplo será que nós já procuramos saber a profundidade da palavra “confiança”, usamos sempre dela para animar as pessoas, em muitos casos para sermos simpáticos com elas quando as vemos atravessando o deserto da dúvida.

O mais interessante é que estamos oferecendo algo que nós mesmos não acreditamos, queremos que as pessoas tenham confiança quando nós não temos! Pode-se dar a alguém algo que não se tem? Dizemos a elas que tudo vai sair bem, quando em nosso íntimo estamos certos de que tudo vai dar errado! Então devemos dizer que tudo vai dar errado? Não, devemos buscar em Deus a firmeza para crermos naquilo que estamos oferecendo, pois as pessoas percebem se estamos cônscios do que estamos dizendo ou se estamos apenas querendo ser simpáticos com elas.

E o efeito positivo na vida delas depende de elas sentirem que realmente estamos certos do que estamos lhes oferecendo! Eu creio que se tivéssemos o cuidado de analisar a etimologia de algumas palavras, algumas nós iríamos dar muita ênfase, valor, e outras certamente retiraríamos de nosso dicionário pessoal. É certo que temos o costume de aderir a qualquer jargão inventado, basta o povo dizer e logo estamos inserindo em nosso vocabulário pessoal. Neste caso damos pouca ênfase a palavras importantes, e exacerbamos a pratica de palavras de dúbio sentido.

Confiança é uma palavra forte, vem do Latim CONFIDENTIA, que vem de CONFIDERE, “acreditar plenamente, com firmeza”, formada por COM, intensificativo, mais FIDERE, “acreditar, crer”, que deriva de FIDES, “fé”. Confiar é exercer fé no sentido mais puro e firme da palavra. Por isto somos aconselhados pelas Escrituras a confiar plenamente em Deus, pois Ele não falha, não erra, Nele sempre estará a resposta de nossas orações. Pode ser que por não termos total conhecimento da palavra confiança, ao demorar muito para obtermos uma resposta logo já voltamos ao campo da dúvida, do desanimo. Não deve ser assim, pois tudo o que gira em torno das Escrituras, a ordem é perseverar até o fim, e o fim em questão, é até receber as resposta, seja sim ou não!

Veja o testemunho de Calebe em Js. 14:7-14, quando lhe foi feita a promessa ele tinha 40 anos de idade, se passaram 45 anos até que ele recebesse a herança prometida, e ele não desanimou, Deus lhe entregou nas mãos o que havia prometido! Quem espera no Senhor quem confia Nele não desanima, não murmura, não reclama, apenas confia e ponto final. Nossa geração foi e é atingida pelo inimigo exatamente nesta área que para Deus é primordial, a área da confiança, pois para que se possa sorver tudo de bom que Deus pode dar é necessário ter confiança. E na verdade o diabo tem semeado desconfiança em nosso meio, pois oramos, e já queremos a resposta. A confiança é um dos elementos que movem os braços de Deus, juntamente com a esperança ela forma o combustível da resposta de oração.

Quantas semanas de oração já participamos e não recebemos a resposta que tanto queríamos? Estamos caminhando para o final de mais uma, quem sabe nesta alcançamos o que desejamos da parte de Deus! Tenhamos confiança! Vamos confiar em Deus até que Ele nos responda, e, Ele vai responder, a seu tempo. Não desista, coloque seus pedidos, suas dúvidas aos pés do Senhor e aguarde sempre com confiança na pessoa Dele, pois Ele jamais deixa alguém sem resposta! “Mas os que esperam no Senhor renovarão as suas forças; subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; andarão, e não se fatigarão.” Is. 40:31.

Meditação disponível em áudio:

 

Pr. José Claudio Fonseca

Deixe uma resposta

Quer outro idioma?