Observando?

Você consegue entender o porque de muitas pessoas estarem te observando? Observando para poderem ter um referencial para suas vidas? Tomando você como exemplo de conduta, de comportamento? É bom para todos nós atentarmos para este fato, pois segundo as Escrituras foi para isto que fomos resgatados de nossa vã maneira de viver, fomos justificados.

Versos isolados das Escrituras, amputados de seu sentido correto e recolocado em lugares fora de contexto tem sido usados por alguns para justificarem seus comportamentos fora de padrão, para com isto eximir-se da responsabilidade de serem padrão para as pessoas ao seu redor. “Olhem para Jesus e não para mim” tem sido uma frase muito difundida para esta fuga de responsabilidade, sim, este verso está claro nas Escrituras, muito gritante em Hb. 12:2, mas ali com vistas a mostrar que só poderemos ser vencedores se mantivermos nossos olhos firmes em Jesus, não desviando o foco!

Este verso não nos exime da nossa responsabilidade de sermos exemplo as pessoas ao nosso redor! Devemos prestar atenção nos ensinos do apóstolo Paulo que em suas cartas tanto pessoais como gerais aponta para uma responsabilidade pessoal para com todos ao redor, ele colocou-se como um exemplo a ser observado, dizendo que as pessoas imitassem seu comportamento como ele imitava a Cristo. Ah! mas Paulo era Paulo, jamais podemos nos comparar com ele!

Se assim for o que estamos fazendo na igreja, por acaso o Deus de Paulo tem filhos prediletos? Pode ser que alguns pensem que sim, pelo fato de Deus não satisfazer seus caprichos! Mas vamos pensar um pouco, em que Paulo era diferente de nós? Era humano, pecador, lutava consigo mesmo todos os dias, aqui pode estar a diferença, ele lutava contra ele mesmo, ele não fazia concessões a sua carne, nós fazemos, isto tem de mudar! Não podemos amputar estes versos das Escrituras nem mudar o seu sentido. Assim como Timóteo precisava dar testemunho, ser modelo de conduta, eu e você precisamos do mesmo jeito ter uma vida que inspire outros a serem como nós.

O que você acha que Paulo quis dizer com “tudo me é lícito mas nem tudo me convém”, isto deve ser dito apenas para quem nos ouve?, Deve ser anunciado apenas no púlpito? Ou foi escrito para que entendamos que nem tudo o que nos rodeia deve fazer parte de nossa vida? Nem tudo o que vemos ou gostamos pode ser inserido em nosso viver cotidiano, porque pessoas que estão desejando ter uma referência estão olhando para nós! Meus irmãos se não tivermos um viver que faça diferença, não servimos para nada, Jesus disse que sal tem de salgar e luz tem de iluminar, que se estas coisas não fizerem seu papel, tem de ser jogados fora e pisados pelos homens! Manter uma lâmpada queimada no bocal apenas para ter o bocal ocupado é um comportamento estranho você não acha?

Dizer que está em Cristo e não fazer diferença é muito estranho, pois quem está Nele tem de ser nova criatura deixando as coisas velhas para traz. Uma teoria diabólica pautada por uma frase igualmente peçonhenta tem já por muito tempo dominado a vida de muitos que dizem seguir ao Senhor, pior ainda, e mais doloroso, a vida de muitos que estão na posição de líderes, “isto não tem nada a ver”. Você é líder? Tem certeza de que isto não tem nada a ver? Para usarmos esta frase precisamos ter um vasto material pesquisado, ter exaurido tudo que cerca o assunto, para depois de orar, podermos dizer se tem ou não nada a ver! Não podemos usar esta frase porque nós gostamos desta ou daquela situação, desta ou daquela coisa, deste ou daquele comportamento! Isto é insensatez e podemos estar arrastando uma multidão de pessoas atrás de nós, sendo responsáveis pelo crescimento ou pela derrota espiritual dos mesmos. E neste caso, o sangue delas pode ser cobrado de nossas mãos! Estamos prontos para isto? “Vós sois o sal da terra; mas se o sal se tornar insípido, com que se há de restaurar lhe o sabor? para nada mais presta, senão para ser lançado fora, e ser pisado pelos homens. Vós sois a luz do mundo.

Não se pode esconder uma cidade situada sobre um monte; nem os que acendem uma candeia a colocam debaixo do alqueire, mas no velador, e assim ilumina a todos que estão na casa. Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras, e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus.” Mt. 5:13-16.

Meditação em áudio:

Pr. José Cláudio Fonseca.
E-mail: igreja@icecantodomar.com.br

Deixe uma resposta

Quer outro idioma?