Os olhos são a janela da alma…

Você já ouviu a frase: “os olhos são a janela da alma”, bonita frase você na acha? Eu também acho, ela toma forma de poesia quando proferida, muitas destas frases interessantes são retiradas das Escrituras. Jesus certa feita disse que se os olhos de uma pessoa forem bons, todo o corpo dela será luz, mas se forem maus, todo o corpo dela será trevas. Sábia está colocação não é mesmo? Você já pensou por onde o mau entra no ser humano?

É uma sequência que não pode ser ignorada, geralmente, e na maioria das vezes, ou talvez em todas as vezes, começa com aquilo que os olhos veem. Já ouviu outra frase de efeito que diz: “o que os olhos não veem o coração não sente” por que será que estas frases tão parecidas apontam para o efeito que os olhos sofrem ao serem expostos a algum tipo de situação?

Porque quando vemos algo que gostamos, nosso cérebro processa a informação e transmite o desejo ao nosso coração, dando origem aos vários comportamentos que já sabemos quais são. Dá para entender por que o visual é o carro chefe das operações do maligno na vida do homem. Observe: vamos apontar apenas uma delas, o adultério, a traição amorosa, como começa? Será que a pessoa apenas concebe no coração o desejo pura e simplesmente ou algo estimula tal desejo? Este pecado é um processo, no momento mais difícil de uma relação, (mas, isto não é via de regra) o diabo as coloca ou os coloca no caminho da pessoa em questão.

Sedutores, mansos, carinhosos, com um visual atraente, os olhos do alvo do pecado, se deslumbram com a visão, os ouvidos com as frases mansas e carinhosas ditas. Parce que esta pessoa sabe ouvir, sabe acalentar, sabe amar. Ai o coração da pessoa fica totalmente embriagado com o desejo, este vai tomando conta, então o cérebro começa a traçar planos, meios para que haja uma aproximação da pessoa ao alvo do pecado, até que seja consumado, o resultado nem preciso colocar aqui, todos sabemos que giram em torno de separação, lágrimas, dor, sofrimento e em alguns casos até morte! Então, todo o cuidado deve ser dispensado com os nossos olhos, com o que vemos, eles são um portal por onde tanto coisas boas ou ruins podem assumir o controle de nossa mente e coração.

Nesta matéria não existe valente nem forte, todos estamos sujeitos a queda! Entendam, eles ou elas assim como as coisas más estão por ai, é para isto que foram criadas pelo maligno, para seduzir, para desvirtuar, para destruir, cabe a cada pessoa zelar para que estas coisas não influenciem suas vidas a ponto de leva-las ao abismo. A atitude sempre será pessoal, a decisão sempre será de cada um. Da para entender por que Jesus aumentou, ampliou a lei sobre o adultério em Mt. 5: 28, pois no antigo testamento o adultério se consumava com um homem deitando-se com uma mulher, mas nos lábios de Jesus a lei ficou mais pesada, apenas ao olhar para uma mulher com intensão impura no coração já adulterou com ela, entenda que aqui “homem” deve ser aplicado no genérico, tanto homem quanto mulher.

Não olhar é impossível pois as vezes somos pegos de surpresa por uma ou outra situação, o problema é continuar olhando, dar sequência no olhar, gostar do que se vê! “A candeia do corpo são os olhos; de sorte que, se os teus olhos forem bons, todo teu corpo terá luz; se, porém, os teus olhos forem maus, o teu corpo será tenebroso. Se, portanto, a luz que em ti há são trevas, quão grandes são tais trevas!” Mt. 6:22,23.

Pr. José Claudio Fonseca
E-mail: igreja@icecantodomar.com.br

Deixe uma resposta

Quer outro idioma?