Tempos difíceis em nosso País

Você assim como eu, sabe que temos vivido tempos muitos difíceis em nosso País, a Nação brasileira está caminhando por um caminho escuro onde não vemos luz no fim do túnel.

Há uma expectativa de que nas próximas eleições alguma coisa mude., mas também há expectativa de que as coisas piorem ainda mais, Deus o sabe! Mudar como? Se infratores presos correm o risco de se elegerem, pode isto? Infratores soltos se candidatam e concorrem em pé de igualdade com quem não tem ainda em seu currículo resquícios de corrupção.

Corrupção, a palavra do momento, ela está presente em todos os Países do mundo, em todos os âmbitos da sociedade, em alguns ainda oculta, em outros escancarada como no caso do nosso País. Em alguns ela é tratada com leis rígidas que giram em torno de prisão perpétua e morte, brasileiros enchem suas redes sociais de exemplos assim, reclamando aos que veem, que curtam e compartilhem, eles querem as mesmas penas para corruptos, deviam pensar bem antes de incentivar tal proposta!

Devemos ter cuidado com estas postagens e exigências, pois primeiro devemos ver se não estamos incutidos em alguma forma de corrupção. Somos um povo engraçado, motivo de chacota e zombaria por parte de outras nações, se elas tem moral para isto não sei, mas independente de ter ou não, deveríamos olhar mais no espelho de nossa alma e fazer uma faxina em nossos comportamentos que depõem contra a moral e os bons costumes.

Muitos dos que enchem suas redes sociais de criticas ao governo corrupto de nosso País, constroem suas casas sem aval do poder público, sem planta aprovada, sem licença, invadem propriedades que não lhe pertencem e acham que tudo está bem! Oferecem dinheiro aos fiscais quando estes vem para verificar a legitimidade do projeto, quando não oferecem, são convidados pelos mesmos fiscais a dar uma soma de dinheiro para que estes façam vistas grossas diante do erro encontrado. Subornam policiais e são subornados por eles quando cometem alguma infração seja pessoal ou de trânsito. Burlam leis e impostos, mentem seus endereços para sorverem algum tipo de benefício que não tem. Criticam as autoridades do município por não manterem seus bairros em ordem, mas assim que elas providenciam o serviço, começam a encher as esquinas novamente de lixo e sujeira,

Quem é o corrupto mesmo? Onde começa a corrupção, você não acha que é uma incoerência um mentiroso dizer que não se deve mentir? Um ladrão contumaz dizer que não se deve roubar? Então é a mesma incoerência exigir honestidade das autoridades quando se está na mesma ou igual situação. Muda-se os artistas, mas a novela é a mesma!

Chega a ser engraçado ver estes rompantes de moral nas redes sociais por parte de pessoas que tem suas vidas cheias dos mesmos comportamentos e se não tem mais é porque não podem. Pessoas que se estivessem na condição de tais políticos fariam as mesmas coisas. Creio que aqui encaixa-se muito bem a doutrina ensinada por Jesus de que antes de tentar tirar o cisco no olho do vizinho, melhor retirar a viga em nosso próprio olho. Comportamento comum aos fariseus que viviam fustigando Jesus com seus rompantes de moralidade e comportamentos corretos, quando eles mesmos eram pegos burlando a própria lei que defendiam!

O problema de nosso País não está apenas lá no planalto central, está no coração de cada brasileiro, que por graça ainda muitos prezam pela honestidade e bons princípios, mas uma parcela preza pela malandragem e desonestidade tendo mau comportamento. Como sempre digo, este comportamento vindo de uma pessoa comum, aquela que diz conhecer Deus, é até compreensível, pois que valores tem o homem comum? Sua vida gira em torno de si mesmo, de seus próprios interesses, de seus próprios anseios. Para alcança-los ele não mede esforços., mente, rouba, trapaceia, ilude e por aí vai a lista de comportamentos nocivos.

Mas quando tais comportamentos se nomeiam por parte de um cristão, aí é preocupante, pois ele depõe contra o bom e santo nome do Senhor assim como desautoriza a Palavra de Deus. Onde fica o … se alguém está em Cristo é nova criatura? De 2ª Cor. 5:17 A coerência deve acompanhar a nossa vida, viver de acordo com o que já alcançamos é o conselho. Se agimos com incoerência não podemos apontar os incoerentes, se agimos com desonestidade como apontar os desonestos?

O grande perigo é que o tempo está passando, e nossa vida com ele, Jesus disse que se somos sal da terra e luz do mundo, temos um tempo para demonstrar isto, o tempo de nossa breve passagem por esta vida, e se não o fizermos, seremos cobrados com a perdição eterna pois sal que não salga e luz que não ilumina devem ser descartados, jogados no lixo! “Repara, pois, que a luz que há em ti não sejam trevas. Se, portanto, todo o teu corpo for luminoso, sem ter qualquer parte em trevas, será todo resplandecente como a candeia quando te ilumina em plena luz.” Luc. 11:35,36

Pr. José Claudio Fonseca
E-mail: igreja@icecantodomar.com.br
Whatsapp: 12-98113-1869

Deixe uma resposta

Quer outro idioma?