A graça

Um sentimento inexplicável, um favor não merecido, “a graça”, ninguém pode explicar este sentimento que tem a sua origem em Deus. Geralmente o apostolo Paulo começa suas cartas com ela, “χάρις ὑμῖν καὶ εἰρήνη ἀπὸ Θεοῦ πατρὸς ἡμῶν καὶ Κυρίου ᾿Ιησοῦ Χριστοῦ”. “Graça a vós, e paz da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo.” A graça não cobra nada, não custa nada, ou melhor, custa sim, ela custa tudo para quem dá, e nada para quem recebe afirma Phillip Yancey no livro Maravilhosa Graça, e é por ela que eu e você acordamos neste dia!

É por ela que muitos homens maus intentaram fazer o mal contra nós nesta noite e Deus pela graça desviou-lhes a atenção. É por ela que alcançamos a salvação, o perdão de nossos pecados, o que fizemos para merecer isto? Nada, é a resposta, a graça é decorrente do amor de Deus pelo homem, e veio por meio do sangue do cordeiro sem defeito derramado em favor do homem, ela foi derramada para alcançar todos, mas nem todos são alcançados por ela, para ser alcançado pela graça é preciso descer da posição elevada que nos colocamos, render-se a vontade de Deus revelada nas Escrituras, aceitar a nossa condição de totalmente depravados como o apostolo Paulo afirma em Rm. 3:23, onde ele diz que todos pecaram e estão afastados da glória de Deus.

Se não fizermos isto, não conseguiremos enxergar ela, esta é a razão das pessoas não entenderem certas situações que acontecem ao redor, pois munidos de um senso falso de justiça, exigem justiça para todos quantos erraram, menos para si mesmo, quando é o outro que erra exige-se a justiça, quando somos nós que erramos no eximimos dela!

A graça coloca todos num mesmo patamar, trata a todos da mesma forma, lidamos com dois tipos de graça advindos da parte de Deus: a graça comum, derramada sobre todos os homens, a que faz com que as coisas deem certo na vida deles, e graça salvífica, derramada apenas sobre a vida de quem rende-se a Graça de Deus, por meio de Jesus Cristo seu filho! A graça mostra o quanto o homem necessita de Deus e Sua misericórdia.

Phillip Yancey afirma no seu livro “Maravilhosa Graça” da Ed. Vida, que vivemos em um mundo sem graça. Ele tem razão, falta graça na sociedade, falta graça na igreja, falta graça nos corações. Graça para ver, sentir, perdoar, graça para entender que Deus é gracioso para com todos, graça para aceitar que todos são dignos de receber a graça de Deus.

A igreja sem a “graça” não é igreja, não tem sentido, é apenas uma organização a mais , que legisla em causa própria e não pela causa do Senhor. Pois tudo o que gira em torno de Deus e Sua Palavra tem a graça como fonte, tem a graça com alvo, tem a graça como base e pela graça tem subsistido. “para mostrar nos séculos vindouros a suprema riqueza da sua graça, pela sua bondade para conosco em Cristo Jesus. Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus; não vem das obras, para que ninguém se glorie.” Ef. 2:7-9.

 

Pr. José Claudio Fonseca

E-mail: igreja@icecantodomar.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »