Resultado por: Meditações

Guerra espiritual

Guerra espiritual não é tema moderno, é antigo, uns acreditam, outros não, a parcela que acredita tem sido alvo predileto de alguns especialistas que se tornaram doutores no assunto, na arte de preparar pessoas para lutar contra seu inimigo espiritual e sair desta luta como vencedor. Estes super- heróis evangélicos, homens e mulheres que dizem ter poderes sobrenaturais e que se dignam a ensinar outros, lotam, igrejas, ginásios e outros recintos com suas palavras mágicas e estratégias mirabolantes para enfrentar a tal guerra espiritual.

O que a falta de leitura, estudo e meditação nas Escrituras faz com o ser humano, é absurdo o que temos visto, pois todo o processo para se vencer o diabo está bem claro nas páginas das Escrituras. São tantos textos que não tem como colocar todos aqui, nós já estudamos o assunto algumas vezes, e vimos que com o inimigo não se brinca, todo o cuidado é pouco com ele, não é bom desafiá-lo, nem achar que ele não existe ou que é produto de imaginação de religiosos!

Já vimos como ele é sutil em suas armadilhas e que para lutar com ele tem de se estar preparado, e muito bem preparado. Mas este preparo não custa nada, é de graça, não está em livros, manuais, rituais, está detalhado nas Escrituras para que todos os que tiverem acesso e seguirem os passos, possam colocar o diabo em seu devido lugar, sem nenhum embate com ele, mandinga, ritual, ou qualquer outra coisa!

Vamos tomar o texto escrito por Tiago, o irmão do Senhor no cap. 4:7-8 de sua carta. Preste atenção na forma como ele diz ser simples vencer a luta contra o diabo, basta seguir estes cinco passos:

1- Sujeitar-se à Deus- fazer Dele e Sua Palavra a sua regra de fé e prática, contra a tua palavra e a minha o diabo pode resistir, mas quanto a Palavra de Deus, ele cala a boca e fica pianinho.
2- Resistir ao diabo e ele fugira- resistir é não dar mole, é não fazer a vontade dele, mesmo que seja aparentemente vantajoso. não fazer concessões a carne, ser duro com ela!
3- Chegar-se a Deus e ele se achegará a vós- aproxime-se de Deus, pois em Sua presença você esta livre das ações do inimigo. coberto pela luz da presença de Deus , o diabo não se aproxima de você, ele espera que você se afaste da presença de Deus para te atacar!
4-Limpar as mãos de todo o pecado, pois o pecado é o alimento do diabo e é com ele que o diabo escraviza o homem.
5- humilhar-se na presença de Deus, pois Ele dá graça aos humildes mas resiste aos soberbos.
Onde está o segredo? São coisas simples que fazem de qualquer pessoa uma pessoa vencedora, o diabo não quer saber de pessoas que praticam estas coisas, portanto passa longe delas. Ele gosta dos que vivem a caça de fórmulas mágicas pois ele é quem é o mentor destes aproveitadores que vivem de vender o que as Escrituras oferecem de graça!

Estes cinco passos fazem de qualquer pessoa um vencedor sobre o inimigo espiritual do homem, e não custa nada, a não ser uma vida de fidelidade a Deus e temor ao Seu Nome. Todos nós travamos uma guerra espiritual todos os dias, você está travando agora, você nem sequer imagina o que está acontecendo no mundo espiritual por tua vida!

Porém não estamos sozinhos, O Senhor esta ao nosso lado, não é você que vence o maligno, é o Senhor Jesus que o vence por você! “Sede sóbrios, vigiai. O vosso adversário, o Diabo, anda em derredor, rugindo como leão, e procurando a quem possa tragar; ao qual resisti firmes na fé, sabendo que os mesmos sofrimentos estão-se cumprindo entre os vossos irmãos no mundo.” 1ª Pe. 5:8,9.

 

Pr. José Claudio Fonseca.

Milagre

Hoje quero lhes falar sobre milagre, você já foi atingido por um? Você está lendo isto agora? Ouvindo isto agora? É um milagre! Um milagre é uma coisa maravilhosa, algo que não se pode explicar, quanto custa um milagre? No último domingo perguntamos a igreja quanto custa uma benção, vimos que não custa nada, de graça se recebe, de graça de dá! E um milagre, qual o preço a pagar por ele?

Em nossos dias há os que não creem em milagres, eles acham que isto cessou com o ultimo apóstolo, são os chamados cessacionistas, temos de respeitar a posição deles, de certa forma o conhecimento exagerado, a erudição lhes endureceu o coração, são atingidos por milagres todos os dias, mas julgam ser coisas comuns ou obras do acaso! Mas alguns passaram a pensar assim por causa da manipulação tão comum no seio da igreja quanto a este assunto! Quanto aos espetáculos e abusos que se vê em nosso tempo, eu também concordo com eles, no tocante a manipulação de tais acontecimentos sou totalmente contra, mas quando se refere a Deus, bem aí temos de ponderar, Ele é o detentor do milagre, a fonte de todo milagre. Ele opera quando todas as possibilidades se esvaem, quando todas as forças chegam ao fim. Você sabe reconhecer um milagre? Sabe quais expedientes podem ser usados por Deus para operar um milagre? Eu espero que sim!

O milagre pode ser sobrenatural, inexplicável, algo que desafia tudo o que existe em termos de conhecimento e coisas explicáveis, e ele pode ser providencial, quando Deus usa algo que já existe para por meio deste algo operar o milagre. Bem, os manipuladores só defendem e conhecem os chamados sobrenaturais, pois com os providenciais eles não conseguem se promover, nem vender suas mandingas para com isto dizer que Deus está operando! Um dia uma garotinha ouvia a conversa preocupada de seus pais na cozinha de sua casa, eles preocupados comentavam sobre o estado de saúde delicado de seu irmãozinho menor.

O garoto tinha um tumor no cérebro, algo que a menininha não entendia muito bem, mas sabia que era algo muito ruim. A cura só poderia vir por meio de uma cara cirurgia que custaria muito dinheiro, e mesmo que eles vendessem o que tinham, não conseguiriam juntar o dinheiro para a tal operação, ela dependia de um especialista renomado, e isto era muito caro. No final da conversa a garotinha ouviu sua mãe dizer que só um milagre poderia salvar o menino doente! A menina foi ao seu quarto e pegou o vidro onde guardava suas economias, moedas juntadas ao longo do tempo, virou tudo sobre a cama e contou uma a uma, 11 dólares e 13 centavos, era o que tinha, colocou tudo de volta no vidro e saiu, iria comprar o tal milagre!

Chegando a farmácia fez de tudo para ser vista, o farmacêutico estava ocupado conversando com alguém, e não lhe dava atenção, raspou os pés no chão, limpou a garganta até que foi notada. O farmacêutico perguntou a ela o que queria, estava ocupado conversando com seu irmão que havia chegado de Chicago e não poderia perder com ela muito tempo. Ela foi clara e objetiva: – vim comprar um milagre para o meu irmão que está doente, se o que tenho não der, arranjo mais dinheiro! O farmacêutico ficou confuso e disse, – não vendemos milagres aqui menina, vá embora! Nisto o irmão dele se levantou e perguntou: de que tipo de milagre seu irmão precisa? Ela respondeu: não sei, ele está com uma coisa ruim na cabeça, e mamãe disse que só um milagre pode salvá-lo! O rapaz perguntou: e quanto você tem aí para comprar o milagre?

Ela disse 11 dólares e 13 centavos, então o moço disse; me leve até sua casa, vamos ser se tenho o tipo de milagre que seu irmão precisa. Ele era um famoso neurocirurgião e foi com ela, viu o menino e disse a ela, puxa que coisa hem? Tenho exatamente o milagre que seu irmão precisa e custa exatamente 11 dólares e 13 centavos, a menina feliz lhe entregou vidro com suas economias e o garoto foi operado e tudo ficou bem. Quanto custou o milagre para esta família? A disposição e a fé de uma menina que não se entregou ao problema, mas foi em busca da solução. Foi simples o suficiente para seguir o curso que Deus estava dando a situação!

Quantas vezes Deus coloca a solução em nosso caminho, coisas corriqueiras naturais, providenciais que responderão nossas orações. Mas em muitos casos estamos ávidos por algo sobrenatural que não percebemos a singela operação de Deus em nossa vida. O que precisamos é que Deus nos abra os olhos para que possamos reconhecer suas operações, que as vezes se apresenta de forma sobrenatural, inexplicável, quando Ele quer assim, mas em outros casos, está diante de nossos olhos, por meio de coisas simples que Deus criou, e apenas faz uso delas para que nossas orações sejam respondidas! Basta-nos apenas estendermos as mãos e pegarmos. Façamos hoje a oração que Davi fez no Salmo 119:18 “Desvenda os meus olhos, para que eu contemple as maravilhas da tua lei. ” Sl. 119:18. Pr.

 

José Claudio Fonseca.

Pastorear ovelhas ou entreter bodes?

Pastorear ovelhas ou entreter bodes? Esta é uma boa pergunta que todos os que trabalham na obra de Deus devem se fazer! Já preguei uma mensagem com este título aqui na igreja que pela graça de Deus e somente por ela estou ainda a frente como pastor. A Palavra foi compreendida por alguns, mas por outros mal interpretada, isto porque entenderam que a Palavra se dirigia ao comportamento do cristão fora dos círculos cristãos, fora da igreja. Neste caso, mau interpretada mesmo pois ela se dirige ao culto cristão dentro da igreja.
La fora a responsabilidade é pessoal, pode também ser aplicada lá pois é fato que alguns comportamentos levarão os resultados para dentro da igreja, mas aqui hoje quero lhes falar apenas sobre o culto cristão. Pode ser que também aqui seja mau interpretada, eu espero que não, porem faz-se necessário que seja dita , pois nos ajudará a nortear o culto que estamos prestando e conduzindo a Deus.
Ontem ouvimos uma Palavra implicante pelo Presb. Gildo sobre a reverencia com as coisas de Deus, e orando nas primeiras horas desta manhã fui despertado a abordar o tema nestas meditações. Vamos entender o caso: Ovelhas são mansas, ávidas por serem guiadas, gostam de aprender e sentem-se seguras ao saber que tem alguém a frente delas escolhendo o caminho que elas devem trilhar. Quando chamadas a atenção, baixam suas cabeças e entendem que quem as guia está interessado em que elas caminhem por lugares seguros e cheguem ao destino seguras.
Jamais questionam os ensinos com vista a não aceitar, rejeitam sim comida ruim, quando o ensino é de má qualidade, ficam agitadas e algumas saem em procura de pastos melhores, Deus as conduz nesta procura, mas outras ficam como que anestesiadas e mantem se no lugar onde estão. Morrem espiritualmente, e acabam abandonando o caminho sendo presa de lobos ferozes soltos por este mundo.
Não é nada difícil nem custa nada pastorear ovelhas, é um prazer, é um trabalho feito com amor e gratidão a Deus. Ovelhas não foram enviadas ao rebanho de Deus para darem lucro, mas para multiplicarem o seu numero com uma vida de temor a Deus. Bodes, bem estes são marrentos, encrenqueiros, dão cabeçadas a todo o momento, nunca obedecem, e quando o fazem é interessado em alguma coisa. Por isto para conduzí-los é necessário que se crie espetáculos cada vez mais sofisticados, circo, coisas engraçadas, é necessário que ao vir ao culto deem muita risada, por isto é preciso que o condutor seja expert em contar piadas e transformar o culto em um show criando momentos que até a heresia beira trazendo expedientes pagãos para dentro do culto ao Senhor. Bodes gostam, estão sempre a caça de novidades e se as encontram com uma roupagem cristã, ali criam raízes.
A Palavra genuína não interessa a eles, ela é fria, sem graça e radical, é preciso parafrasear a mensagem incutindo frases engraçadas senão eles empacam e começam a dar cabeçadas, ou saem a procura de um lugar mais a cotento, se puder substituir a mensagem por alguma outra coisa aí eles vão ao delírio! Jamais aceitam ser chamados atenção, quando são, logo somem, ou até ficam no meio, mas criando problemas e grupos divisórios, geralmente toda divisão tem como cabeça um bode! Custa caro conduzí-los, pois como gostam de novidades, o condutor tem sempre de investir, criar espetáculos cada vez mais sofisticados e isto envolve dinheiro, e como se gasta para criar é necessário que se cobre deles um preço alto, e eles pagam sem reclamar se o espetáculo lhes apetece! É o mesmo princípio comum ao homem que paga o preço que for para ver o seu artista predileto ou para assistir a peça de teatro que tem maravilhado o mundo!
Não encontraremos na Bíblia formulas para pastorear bodes, em toda ela o ensino gira em torno de como levar as ovelhas perdidas ao redil do Senhor. Os que são chamados por Deus pastoreiam ovelhas, os que se chamam ou são chamados pelos homens, bem, estes são condutores de bodes, simples assim.
Deixo com vocês hoje as palavras de Deus sobre os pastores que são condutores de bodes mas metem-se com as ovelhas do Senhor. A palavra é para os pastores de Israel, mas o princípio é geral, aplica-se a todo que tem esta responsabilidade.
“Filho do homem, profetiza contra os pastores de Israel; profetiza e dize-lhes: Assim diz o SENHOR Deus: Ai dos pastores de Israel que se apascentam a si mesmos! Não apascentarão os pastores as ovelhas? Comeis a gordura, vestis-vos da lã e degolais o cevado; mas não apascentais as ovelhas. A fraca não fortalecestes, a doente não curastes, a quebrada não ligastes, a desgarrada não tornastes a trazer e a perdida não buscastes; mas dominais sobre elas com rigor e dureza. “ Ez.34:2-4.

Pr. José Claudio Fonseca.

Quer outro idioma?