Você já pensou no Nome de Deus?

Você já pensou no Nome de Deus? Nos vários nomes que Ele tem? Pode ser que sim, pode ser que Ler mais »

O que ouvimos nos afeta

É interessante como o que ouvimos nos afeta, e o inimigo ou os inimigos sabem disto, temos nestes últimos dias Ler mais »

Tempos difíceis em nosso País

Você assim como eu, sabe que temos vivido tempos muitos difíceis em nosso País, a Nação brasileira está caminhando por Ler mais »

Deus: o primeiro nome a ser dito

Deus: o primeiro nome a ser dito diante de uma situação difícil, até mesmo o ateu que diz não acreditar Ler mais »

Homenagem

No último dia 16 (sexta), o pastor José Cláudio Fonseca recebeu título de Cidadão Sebastianense, uma homenagem pelos serviços prestados Ler mais »

A palavra Bíblia

A palavra Bíblia vem do termo grego “Biblos” que tem o significado de “rolo” ou “livro” não necessariamente está relacionada Ler mais »

Água e óleo não se misturam

Água e óleo não se misturam, são compostos opostos, tem moléculas que não se combinam, portanto sempre quando misturadas, podem Ler mais »

Jamais amaldiçoe alguém

Jamais amaldiçoe alguém, por mais ruim que esta pessoa seja, por mais que ela tenha lhe chateado ou mesmo causado Ler mais »

A vida é curta?

É comum ouvirmos das pessoas a frase “a vida é curta”, mas creio eu que de todos os que dizem Ler mais »

 

Levante a cabeça

Levante a cabeça, chega de andar cabisbaixo, sei que as adversidades da vida nos fazem abaixar a cabeça e achar que tudo está acabado, que não tem mais solução. Mas tem! Tem porque você, eu , nós somos criaturas de Deus, e embora alguns agoureiros dentro e fora da chamada igreja do Senhor digam que Deus é sarcástico e que vive brincando com os sentimentos das pessoas, eles estão errados. Deus é amor, mas se Ele é amor por que então sempre estamos sendo fustigados por situações adversas?

Onde está este amor que não entra em ação quando estamos pra baixo, desanimados, derrotados? Tenho certeza, que não todos, mas alguns dos que estão lendo ou ouvindo isto agora já se questionaram sobre isto! Entenda que as adversidades a que estamos expostos não tiram de Deus a característica de um Deus de amor, estas adversidades não eram para existir, não foi para isto que Deus nos criou, foi para que Ele pudesse se regozijar conosco, fomos criados para Honra e Glória Dele, por Ele, e para Ele.

Mas o pecado, que muitos ignoram, fazem pouco e nem sequer se preocupam, sim, o pecado tirou de cada ser humano a imagem pura e perfeita de Deus, criando e trazendo consigo toda sorte de males e adversidades. As Escrituras dizem que por um homem entrou o pecado no mundo!

Pense comigo, se Deus não fosse amor, exterminaria o homem para sempre da face da terra, e Ele poderia ter feito isto novamente, pois já fez isto, preservando apenas uma família que lhe era fiel, porque Ele fez isto? Ai está o segredo, a fidelidade, o amor de Deus, Ele preservou a família que tinha compromisso com Ele, a família de Noé, depois, a família de Ló e assim sucessivamente! Paulo quando escreve a Timóteo diz que mesmo que nós homens sejamos infiéis, Deus permanece fiel, mas este texto não pode ser mal interpretado.

Não quer dizer que podemos mergulhar na infidelidade que Deus vai nos outorgar tudo o que tem em termos de bênçãos nas Escrituras, Ele se mantem fiél porque disse manter o seu compromisso com quem tem compromisso com Ele. As adversidades para quem compreende o amor de Deus, são uma forma de Ele nos puxar para mais perto Dele, com afirma o salmista no salmo 119: 71, pois as adversidades e aflições nos fazem aprender a lei do Senhor. Quando você ler as Escrituras, e encontrar uma promessa de benção, preste atenção que todas as bênçãos estão ligadas a um princípio, a uma condicional “se”, se perseverarmos, se formos fiéis etc; Outra coisa a ser lembrada, Deus não precisa de nós, nós é que precisamos Dele!

Cuidado, ensinos modernos tem tentado inverter o sentido das coisas, tornando o homem tão importante que passa a impressão de que Deus é dependente dele, que sem o homem Ele, Deus não pode existir em sua plenitude. Isto é ensino herético com base na mitologia grega, onde os deuses negociavam a adoração com os homens e estes de dignavam a adorar ou não aos seus deuses caso estes não fizessem a sua vontade. Não negocie com Deus, Ele é eterno, e nos criou para que pudéssemos glorificá-lo para se regozijar conosco.

Deus é infinito, sem começo nem fim, Ele é o que é, foi sua resposta a Moisés quando este queria uma resposta para dar ao povo quando lhe perguntassem o nome do deus que o havia enviado a eles! Deus nos amou tanto que num processo complicado de remissão, onde o sangue era o único fator que poderia lavar o pecado cometido pelo homem, e restaurá-lo às Mãos do Criador, Ele enviou Seu próprio Filho, Jesus, e Jesus demonstrando o amor de Deus se entregou voluntariamente para que eu e você pudéssemos estar de volta nas Mãos do Todo Poderoso.

Então, levante os olhos, levante a cabeça, saia deste desanimo e ande, desvencilhe-se de todo peso do pecado que te rodeia e caminhe, só uma coisa pode te separar de Deus, o pecado, mais nada! Vá em frente, se você é fiel, se você teme a Deus, Ele está ao teu lado, você não está sozinho, o inimigo é quem coloca este sentimento de solidão em tua mente, e tudo o que o inimigo diz é mentira! Creia está perto a tua redenção! “Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus seu Filho nos purifica de todo pecado.”1ª Jo.1:7.

Pr. José Claudio Fonseca.

Estar em evidência…

É uma prática comum, trágica e sem cabimento o que algumas pessoas fazem para estar em evidência, pelo desejo de ser reconhecido, de ter o nome nos letreiros, de ter uma vida de ostentação. Já disse uma vez aqui que só tem uma verdade que o pai da mentira falou, o fato de o homem dar o que tem pela sua pele, pela sua estabilidade Jó 2: 4. O homem negocia sua honra, seu nome, sua posição, ele perde a noção do ridículo, da ordem, do sentimento. No campo da luta cotidiana para manter-se no mercado, o homem sacrifica tudo o que tem, mesmo que o seu apogeu dure apenas alguns dias, meses ou anos.

Bem, tal comportamento vindo de uma pessoa comum, é admissível, pois afinal quais são as valores que estas pessoas tem? Eles vivem pelo que conquistam, pelo que alcançam e nada mais. Porém quando comportamentos deste tipo vem de pessoas conhecedoras de Deus ou de Sua Palavra, é trágico, pois tais pessoas deveriam ser exemplo aos de fora, e acabam sendo piores do que estes tais. Um líder espiritual é responsável pelo rebanho que Deus lhe concedeu para cuidar.

Vemos que nas sete cartas escritas por João às sete igrejas da Ásia a mando do Senhor Jesus logo no começo do livro do Apocalipse, todas elas foram endereçadas aos pastores intitulados ali como o “anjo da igreja”, o mensageiro de Deus a frente do povo, pois a palavra “αγγελω” na língua usada para escrever o Novo Testamento tem o significado de “meu mensageiro”.

O povo erra porque lhe falta conhecimento, e este conhecimento entende-se que é dado aos líderes espirituais para que estes passem ao seu rebanho. Mas que tipo de conhecimento tem sido passado as ovelhas? Manipular Deus e suas operações, explorar Deus para que Este derrame suas bênçãos, como se manipular Deus fosse possível, nunca ninguém manipulou o Senhor de toda a terra. Mas as ovelhas são ensinadas a acreditar em promessas que Ele não fez em Sua Palavra, facilmente ensinadas porque elas também engolem facilmente o que lhes falam, e não examinam as Escrituras nas quais há o poder de Deus e toda revelação sobre o Pai o Filho e o Espírito Santo!

E somado a isto, acreditar em líderes oportunistas que em busca de poder usam suas igrejas ou mesmo são convidados por elas para subirem a fama, e com um discurso manso e recheado de mentiras espirituais vão conquistando a confiança dos incautos que ali estão, fazendo da igreja do Senhor um trampolim para serem reconhecidos também na vida pública e política. Em defesa disto alguns dizem que Deus tem de ter no meio político seus representantes. Muito bem, é certo, é correto, sempre teve mesmo, mas homens de Deus, com o foi Daniel, Isaias e outros que colocaram suas vidas em risco para defender a honra, a lei de Deus e os interesses do povo comum! O que os “ homens de Deus” fazem hoje no meio onde foram colocados?

Legislam, mas em causa própria, muitos deles envolvidos no lamaçal de corrupção que estamos vendo todos os dias diante de nossos olhos. Hoje temos 87 deputados federais e 3 senadores ditos “evangélicos”, somando 90 parlamentares cristãos no planalto, você entende este número? Com um homem de Deus no poder , Deus depôs reis, destruiu reinos mudou a sorte do povo, isto não lhe chama a atenção? Deveria! Não é um que está lá, mas 90, isto só no planalto, sem levar em conta nas Assembleias legislativas, câmaras de vereadores e prefeituras, jogando o nome do Senhor na lama! Alguma coisa está errada e não é com Deus! Quero perguntar onde está a figura do pastor que deve proteger o rebanho? De que tipo de lobo as Escrituras dizem que as ovelhas devem ser protegidas? Ah! do diabo, é a resposta. Sim concordo plenamente, mas como o diabo se manifesta no meio em que vivemos hoje? Por meio de pessoas, espertas, interesseiras, ávidas por poder, por enganarem.

O papel do cristão não é ser anverso a política, mas jamais se colocar nas mãos dela, jamais colocar a igreja de Deus nas mãos destas pessoas. O papel do cristão é orar, interceder para que Deus o soberano coloque nos cargos as pessoas que Ele achar que devem estar ali, orar pelos que estão ali e ajuda-los a legislarem pela causa para a qual foram eleitos. Ninguém sobe ao poder passando por cima de Deus! Pois ele é soberano, poderoso e ninguém pode ser comparado a Ele “Vede agora que eu, eu o sou, e não há outro deus além de mim; eu faço morrer e eu faço viver; eu firo e eu saro; e não há quem possa livrar da minha mão” Dt. 32:39.

 

Pr. José Claudio Fonseca.

Quanto vale uma vida?

Quanto vale uma vida? Você tem ideia? Em nosso contexto não vale muita coisa, pessoas tiram a vida de pessoas por coisas banais, pessoas tiram a vida de pessoas por qualquer soma de dinheiro. Pessoas tiram a vida de pessoas por objetos que se destroem com o tempo, pessoas tiram a vida de pessoas que ainda estão em formação! Vidas que não pediram para serem geradas, mas que são concebidas como fruto do descontrole moral de pessoas que não tem respeito por pessoas. Saímos de nossas casas, não sabemos que retornaremos para elas ao final da jornada de trabalho.

Nossos filhos, criados com amor, criados com dedicação despertam ciúmes e inveja e outras pessoas desprovidas de valores humanos, e estas pessoas simplesmente arrebatam nossa prole do seio de nossos lares, deixando ali um vazio que jamais poderá ser preenchido. E muitos destes que fazem estas barbaridades continuam suas vidas como se nada tivesse acontecido, isto porque pessoas que são elevadas ao poder para cuidar de quem deles depende, simplesmente fazem vista grossa sobre a dor social que atinge a nossa sociedade já massificada e sofrida.

Um famoso comediante que já deixou esta vida, criou um personagem que gerou um bordão em quem o tinha como herói: Quem poderá nos socorrer?” Diante de tanta dor e lágrimas nos lembramos deste bordão e nos damos conta de que aquilo é apenas ficção, não temos a quem recorrer, nossas autoridades estão ocupadas demais para se ocupar com nossas mazelas.

Quem tem o desejo de fazer alguma coisa é tolhido pelo sistema que mais parece viver da desgraça alheia, nos dá a entender que toda a desgraça que nos rodeia funciona para eles como combustível para suas plataformas de poder. Outros que fazem alguma coisa são desdenhados por pessoas que são agraciadas mas não sabem dar graças, não tem em seu vocabulário a palavra “obrigado”. Ual, que situação esta que vivemos hem? Mesmo os que tem esperança, acabam por vê-la com olhos embaçados pela fumaça da não graça que domina nossa sociedade.

Um dia o salmista em meio a dor e desespero levantou seus olhos para os montes e disse, de onde virá o meu socorro? Ele mesmo responde a questão que formula, o socorro de quem conhece Deus, vem do Senhor que fez os céus e a terra! Toda esta violência e insensibilidade que vivemos hoje, já estava profetizada por volta do ano 80 de nossa era, quando Paulo escreve a Timóteo seu discípulo diz exatamente como seria a conduta dos homens nos últimos dias, em nossos dias. No cap. 3 de sua segunda carta ele deixa claro como seria a conduta de homens comuns, de pais para com filhos de filhos para com seus pais. Novidade?

Não para os que conhecem as Escrituras, para eles toda esta situação caótica que tende a piorar a cada dia é cumprimento das Escrituras, e neste caso quem conhece bem as Escrituras Sagradas dá graças a Deus em meio a este caos, não pelas desgraças que acontecem, mas pelo cumprimento literal da Palavra dita por Deus por meio de Seu Espirito Santo! Jesus disse que passaria o céu e a terra mas suas palavras não passariam!

Meu querido, que ouve ou que lê estas palavras, não tenha medo, não se desespere diante de tais situações, apegue-se a Deus e a Sua Palavra busque nela a graça e o conforto para viver dias tão maus. Se você se aproximar de Deus e de sua Palavra receberá conforto para a tua alma, alento para o teu coração, coragem para enfrentar toda e qualquer situação, pois em teu coração será bem viva a esperança de que já está no fim e logo o teu Senhor virá, e tudo isto ficará para traz. Esta é a minha esperança, e desejo que seja a tua neste dia! “mas o Consolador, o Espírito Santo, a quem o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar de tudo o que vos tenho dito. Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize. “Jo. 14:26,27.

 

Pr . José Claudio Fonseca

igreja@icecantodomar.com.br

Quer outro idioma?